quinta-feira, julho 03, 2014

Hoje eu não quis dormir



Hoje eu não quis dormir

Rabisquei uns versos bobos pra você
Toquei um rock no violão
Pensando em te esquecer
Fechei os olhos tentando
Por ao menos um segundo poder
rever
Seu sorriso sorrindo pra mim
Sua voz me dizendo que sim

Que aceita sentar aqui
Que minha graça te faz rir
Que sente falta de mim

Hoje eu não quis dormir

=]

quinta-feira, junho 19, 2014

Nossa História

video


Vai dizer
que meu sorriso não marcou você
Vai saber
se nossas estradas não são tão ligadas quanto a nossa vontade de viver

Nossa história
Nossa história

A porta se abriu e você entrou e no meu mundo
mergulhou
descobriu nas profundezas desse coração
que você mesma transformou
Uma porção de coisas para te fazer chorar
de rir

Uma estrada que te levará a um lugar para ser feliz

Nossa história
Nossa história


Na primeira vez em que você sorriu, meu mundo caiu
não pude reconstruir
Fiquei aqui embaixo com você
contando histórias pra você dormir

Rezando pra que você acorde bem
aqui
Contando piadas pra te ver sorrir

=]

quarta-feira, junho 18, 2014

Sem o teu sorriso


O que resta quando o sorriso se vai?

Resta um coração que chora
O peito que dói sob o fulgor da espora
Os olhos fechados em busca de paz
Tentando alcançar um lugar que é capaz
Do nosso reencontro

Um lugar onde seja possível
Outras vez nós dois.
Uma vez nós dois.







O manual me manda encerrar com um sorriso 
Mas nunca me dei a manuais
E aqui
Não há espaço para sorriso 

sábado, junho 14, 2014

Menina



A porta se abriu
E ela raiou

Um paradoxo divino

Tem nos olhos
A força de um drama inglês
A esperança da comédia romântica

O vento soprou seus cabelos e me perdi

Fechei meus olhos
Implorei

"Se ao menos um fio me tocasse"

É ela, e só ela é assim.

Ela tem um rostinho incompleto no braço
Esperando alguém para lhe completar
Com alegria
ou tristeza

---

Desejo
do fundo do meu coração
Que seja com alegria
Que ela sorria com coisas bobas
Que encante quem está triste
Assim, sua graça persiste

Num longo suspiro profundo
Trazendo em seu rosto de conto de fadas
Toda beleza que há nesse mundo.


sexta-feira, julho 12, 2013

Precipício



Perdi-me em teu sorriso e só
Não há palavra, dever ou imbróglio que encontre espaço em mim


Sou inteiro e nada
Entregue e louco

                                                                                                                                        Inocente e bobo


Um  amontoado de clichês 
Caótico 


Quem outrora rememorou a meninice em versos
Faz-se menino, dessa vez, de fato
Refém platônico

De um sorriso terno

De uma delicadeza forte

De um olhar mistério







Sim. Me entreguei ao teu encanto
Mesmo sem saber tua vontade
Ou se de ti,  terei saudade
Mesmo que eu cause espanto

Quero o caminho mais bonito



sexta-feira, maio 03, 2013

Capitu




Quem é ela?

Via o seu sorriso sem saber
Se era meu. Se existia
Seria a mim que ele queria?

Quem é ela?

Quando a noite chega seus medos somem
Já era mais mulher do que eu homem
Tão segura. Tão distante.

Quem é ela?

Sempre tão certa do que fazer
Como copiar seu ar blasé
Se aos quinze anos, tudo é infinito?

Quem é ela?

Na inocência de menino
Reconheci sem perceber
Seu Dom de receber
Em suas mãos o meu destino

Quem é ela?

Espiei pela janela
Vi o que a faz amada:
Uma alma tão humana
Olhos lindos de cigana
Oblíqua e dissimulada.
És tu, Capitu!


sexta-feira, março 08, 2013

Refúgio

Quarto escuro
Porta trancada
Não há lua ou estrela que ofereça consolo
Quem dirá que há amanhã?

Sim. Somos capazes de coisa pior.

Por que a gente é assim?

Fecho os olhos e digo baixinho:
"Eu não sou"